Liderando em tempos de Home Office

Já não é novidade para ninguém que o Home Office está cada vez mais presente no mundo corporativo. Vários estudos comprovam os benefícios de atuar no conforto de casa, mas não podemos deixar de lado o grande desafio que é se adaptar a este modelo. Se você ainda não viu, já falamos aqui algumas dicas importantes para quem está buscando produtividade no Home Office, mas hoje estamos aqui para falar com todos os líderes, que enfrentam um desafio à parte.

 Você foi líder por muito tempo atuando lado a lado com a sua equipe, acompanhando todos os passos, e agora se vê diante de um trabalho totalmente Home Office, ou até em modo híbrido, e precisa remodelar a sua forma de liderar. Não sabe por onde começar? Nós do time de Recrutamento e Seleção da Sprinter, trouxemos aqui algumas dicas para te nortear nesse novo desafio.

 

  1. Crie um elo de confiança com a sua equipe

Este é o ponto principal. Se você está assumindo uma nova equipe, ou se está migrando sua equipe já existente para o home office, você precisa antes de tudo analisar os pontos de cada colaborador, tantos pontos fortes, quanto a se desenvolver. Agora com uma liderança à distância, você já sabe até que ponto aquele colaborador consegue desenvolver uma tarefa sozinho, e em que momento você precisa supervisionar de maneira mais assídua. Deixar que a sua equipe trabalhe, e mostrar que você confia na entrega deles, faz também com que eles criem essa confiança em você como líder, pense nisso!

 

  1. Preste atenção na integração de novos colaboradores

 

Em um trabalho totalmente home office, um dos maiores desafios é fazer com que o novo colaborador consiga se acostumar com a equipe e com o trabalho. O líder, mais uma vez, é o responsável por fazer isso acontecer. Pense diante do cenário da sua empresa e da sua equipe, o que pode ser feito para ter uma integração e um treinamento mais completo e humanizado, nada de vídeos gravados onde o profissional não consegue interagir e tirar dúvidas. Além disso, coisas básicas também funcionam: Manter-se conectado com toda a equipe para manter a interação, reuniões online para expor as dificuldades encontradas, e se mostrar sempre disponível para ajudá-lo em qualquer questão que possa surgir. Se for possível, reúna toda a equipe presencialmente, para que todos possam se conhecer e criar uma conexão uns com os outros.

 

  1. Promova a interação entre todos da equipe

Seguindo na mesma linha de raciocínio, depois de cuidar da integração dos novos colaboradores, essa interação com toda a equipe precisa ser mantida. O home office tende a aumentar essa sensação de isolamento, por isso, a comunicação entre todos precisa ser mais frequente do que em um trabalho presencial, não só pela interação da equipe, mas para um bom resultado do trabalho. As reuniões presenciais também sempre são bem-vindas. Se não é possível realizar esse encontro na sua empresa, tente marcar algo em algum outro lugar, ainda que seja algo esporádico. Esses encontros com certeza fortalecem a conexão e a motivação da equipe.

 

  1. Controle a produtividade e a entrega 

Quando falamos em controlar, é preciso tomar muito cuidado para não passar do ponto, pois com isso perdemos o principal, que foi citado antes: a confiança. Se você é um bom líder, com certeza a sua equipe está preparada para entregar o que for preciso. Mas não é por isso que você deve deixar de acompanhar o desenvolvimento de cada um. No home office, o maior indício de que o trabalho está sendo bem feito, é através dos resultados. Então, faça essa análise em cima das entregas de cada um e se houve alguma baixa em alguma semana ou em algum dia. Se você perceber uma queda no rendimento, tenha primeiro a paciência de entender o que pode ter acontecido, se é algo pontual e que pode ser melhorado, ou se é algo mais sério.

 

  1. Seja um bom exemplo 

 

Nada dessas dicas irão adiantar, se você como líder, não consegue entregar os resultados ou manter a disciplina no seu trabalho. Faça também essa autoanálise, para entender o que você pode melhorar, o que você pode estar errando, e trace o caminho para o seu desenvolvimento. Lembre-se que liderança é isso, ensinar com exemplos.